31/07/2017

Nobody Sees: Capitulo 29 - Esqueci...Só que não!

Resultado de imagem para what do you mean gif

Skylar Mayer P.O.V

"- Achou mesmo que conseguiria se esconder de mim?"

- CHAZ! - tentei fechar a porta mas aqueles braços eram mais fortes que eu.

Chaz apareceu correndo e me colocou atrás dele e Bieber se pôs totalmente dentro da casa e ele não parecia ser ele, seus olhos estavam fundos, com olheiras roxas e nariz vermelho.

- Você vai fazer mais merda, Bieber. Vai pra casa e quando estiver sóbrio você conversa com ela - Chaz disse e Justin o empurrou para o lado e segurou meus braços

- Preciso conversar com você - ele disse suando e eu senti nojo.

- Não tenho nada para conversar contigo - não consegui o encarar, apenas tirei suas mãos de mim.

- Justin vai embora - Chaz disse tentando ter paciência

- CALA A PORRA DA SUA BOCA - ele disse e eu segurei seu braço antes dele partir para cima de Charles

- VOCÊ ESTÁ NA MINHA CASA

- E VOCÊ ESTÁ COM A MINHA GAROTA - Justin gritou e eu gargalhei

- Não sou nada sua - deixei claro e ele me olhou frio


- Skylar já tivemos essa conversa antes, você está falando merda - ele disse meio tonto e eu não o impedi caso ele caísse.

- Vai embora! - pedi com educação

- Não - recusou

- Então eu vou, vamos Chaz - falei ele segurou meu braço forte e me empurrou para dentro de casa

Antes deu rebater e dizer qualquer coisa, Chaz deu-lhe um murro tão poderoso e horrendo que Bieber caiu desacordado no sofá. Eu dei um grito me assustando e sentir lágrimas começarem a cair devido a toda a situação.

- Desculpa amigo, mas foi preciso - Chaz disse suspirando

- Como isso me dói - falei colocando a mão no peito e Chaz me puxou para um abraço forte e profundo. - Não queria que fosse assim

- Desculpa ter prometido te proteger e ter você passando por isso - disse ele

- Obrigada por tentar, você é demais - falei beijando seu rosto e ele sorriu fraco

- Vou levar ele para o carro, tranca a casa, por favor? - pediu e eu assenti.

Justin foi desacordado no banco de trás de Chaz me deixou em casa, em segurança como disse ao meu pai. Me deitei na cama exausta e nada disposta a acordar no próximo dia, respirei fundo, tomei água, fui ao banheiro, onde estava o sono?

O tempo foi passando e meus olhos foram pesando, deitei minha cabeça em meu travesseiro molhado de lágrimas e adormeci.

Justin Bieber P.O.V

Eu acordei como um cadáver, meu corpo estava podre, não sabia que dia era, muito menos as horas. As lembranças estavam passando pela minha mente e sentir a dor me dominar.

- Preciso de um cigarro - disse a mim mesmo e quando me sentei na cama Ryan me impediu de me levantar

- Chega de drogas, Justin.

- Sai da porra da minha frente - tentei passar e ele me empurrou novamente.

- Então é isso? Vai usar drogas pra parar de se importar com tudo que aconteceu entre você e a Skylar? - perguntou e eu fitei o chão ignorando sua pergunta - Estou falando com você - empurrou meu ombro e eu tirei sua mão com brutalidade.

- Não consigo lidar com isso, Ryan. O que eu fiz á ela não tem perdão, eu não estava sóbrio por completo, mas não justifica eu ter feito o que eu fiz - olhei para meu melhor amigo e ele se sentou do meu lado.

- Sei que você gosta daquela vadia, Justin...

- Não a chame assim, Ryan, eu vou quebrar seus dentes - a defendi 

- Skylar - corrigiu - Justin, eu já fiz muita merda com a America, mas olha pra nós hoje, estamos bem. Você não pode simplesmente se jogar na cocaína e esperar o tempo mudar as coisas por que não vai mudar sozinho.

- EU NÃO CONSIGO LIDAR COM ISSO, EU VOU PERDER A CABEÇA SEM ELA, RYAN - me senti sem chão.

- Mais do que já perdeu? - arqueou as sobrancelhas - Acha que ela vai te querer viciado em drogas? Tudo que ela sempre tentou sair? Skylar vai ter mais nojo de você. Fica atento nas suas atitudes, deixa a cabeça dela esfriar e conversa com ela. 

- Ela não vai querer falar comigo - neguei com a cabeça

- Você tem que fazer valer apena, idiota - deu uma risada - Não é por que você é um gangster que você tem que ser sempre assim, Justin. Eu falo isso por que eu me arrependi de tudo que fiz á Mare. Aquela mulher é o amor da minha vida.

- Você tem sério problemas, aquele animal não pode ser amor de alguém - falei implicando com Mare.

- Agora vai ser a minha vez de quebrar todos seus dentes - disse sério me fazendo rir.

- Vou tomar um banho e ir pra cede, acho que já perdi tempo demais - suspirei

- É DISSO QUE EU ESTOU FALANDO - ele vibrou - Vou indo por que vou passar na Mare, te encontro em uma hora na cede, e leva armamento, estamos precisando abastecer.

- Tudo bem - respondi e ele deu dois tapas nas minhas costas e saiu. 

Fechei meus olhos fortemente e lembrei daquele maldito dia.

Flashback On

"Enchi meu copo com Vodka e desci ele por inteiro ascendendo um cigarro de maconha e comecei o tragar, deixando a fumaça dominar meu corpo e meu ambiente. Outro, e outro. Carreiras e mais carreiras."

Eu explodia ódio e angustia. Minha cabeça começou a misturar as coisas e eu me peguei pensando na possibilidade deu ter que sumir por dias e deixar Skylar aqui. Com essa vida que eu tenho, tão corrida e perigosa, não é fácil ter uma mulher em jogo. Não sei se ter Skylar comigo é uma boa opção mais, não sei se consigo viver sem ela, mas talvez seja uma boa opção afasta-la. Eu perco minha cabeça as vezes, estou com medo de ir longe demais. Eu não sei o que fazer.

Flashback Off

Quando cheguei a cede pareciam todos mortos, desanimados e já falei mortos?

- Eu volto do inferno e vocês vão pra lá? O que aconteceu? - perguntei a Jaxon, Chaz e Chris.

- Aly não quer falar comigo, cara, ela soube de umas coisas que andei fazendo com outras garotas - Chaz bufou, ele parecia impaciente.

- Você ainda está ficando com aquela garota amiga das meninas? - arquei as sobrancelhas 

- Estava - suspirou 

- Papai quer que eu volte para o Canada, ele não quer eu morando aqui - Jaxon disse e eu me virei rapidamente 

- Vai deixar meu pai mandar em você agora? - debochei

- Não, mas ele está mexendo com meus negócios, tentando me subornar - suspirou

- Ele é um Bieber - disse e ele assentiu

- Não quero que brigamos por causa disso, será que dá pra você falar com ele? - pediu e eu sorri

- Depois de você ter levado Skylar para conversar com Arlow? - fiz uma cara de pensativo - Não! Se vira. 

- E você Chris? Morto por que? - me virei para Christian

- To afim de uma festa - respondeu

- O único com motivo convincente. - disse colocando minha arma sobre minha mesa

- Milagre você sóbrio - Chaz disse a mim com um tom de divertimento

- Não me esqueci do soco que você me deu ontem - apontei o dedo em seu rosto

- Foi preciso, eu estava te livrando de perder a Skylar de vez - disse em sua defesa - Você ia fazer merda.

- Vou levar essa em consideração, como uma ajuda - dei meu palpite o perdoando pelo soco.

- GALERA - Levamos um susto e nos armamos rapidamente e era apenas o imbecil do Ryan

- Porra - Falei abaixando arma e os outros garotos fizeram o mesmo

- O que foi? -  Jaxon o perguntou

- Que desanimo é esse? Sabia que tem quinze caras nos devendo? Hoje é dia de cobrança - ele sorriu assim como todos.

- VAMOS TOCAR O TERROR - gritei e todos gritaram "AE". Nos levantando tomando seus postes e eu disse a eles.

- Que se danem as mulheres! Nunca precisamos delas antes para ser quem somos, então não vamos nos rastejar por NINGUÉM. - falei e eles vibraram novamente

- ISSO MESMO - Chaz gritou

- NÓS QUE VAMOS DEIXA-LAS DE QUATRO - apontei para meu pau e assim ouvi mais gritos

- Vamos detonar essa Atlanta, como sempre fazemos. - Jaxon disse e nos abraçamos

- Vocês estão que nem viados - olhamos pra porta e lá estava Jordan com um sorriso no rosto -Bonde dos mama rola, vamos ou não vamos detonar Atlanta? - sorrimos e gritamos para fora da cede.

Cada um pegou seu carro e não tinha velocidade que me parasse. Aquela adrenalina me fazia esquecer por dois segundos de quem eu tinha me tornado pela Skylar, o que eu fiz com ela e todas as merdas que sentimentos que estavam me ferindo.

Paramos na primeira casa e todos ficamos em posição. Percebi que tinha alguém em casa e eles não queriam abrir

- EU VOU ARROMBAR ESSA PORRA DE PORTA - Chris gritou dando um soco na porta, já que aquele era um cliente dele.

- Eu imploro, mais um dia - o cara disse se cagando do outro lado da porta.

- Mais um dia? - perguntei debochado soltando uma risada

- LA VEM BALA - Jaxon gritou e apontamos nossas armas pra porta

- FOGO - gritei e em poucos segundos não havia mais porta. Moradores corriam para dentro de suas casas naquele subúrbio pobre da cidade.

[...] 

Já era de madrugada, ficamos o dia inteiro tocando o terror na cidade. Já era sexta feira quase uma da manhã, eu estava passando pelo Kippler para pegar uma bebida para mim e para os meninos, estacionamos e começamos a entrar e batemos o olho em uma mesa relativamente chamativa.

- Puta merda - Chaz disse recuando um passo quando entramos

- Ryan você os trouxe aqui de proposito - Jaxon disse soltando uma risada e encaramos Ryan com o pior olhar.

- Eu queria ver a minha garota - ele disse entrando e indo de encontro a America.

Meus olhos se encontraram com a Skylar que olhou para trás para ver o que estava acontecendo.

- Vamos sentar - falei para os meninos e sentamos na mesa ao lado delas.Pra implicar? Não imagina.

Ela deu uma risada nasalada e debochada e logo voltou sua atenção nas garotas que ali estavam.

- Vou pegar aquela morena de jeito, ela está me encarando - Chaz disse tomando um copo de tequila de uma vez

- Chega nela - Jordan disse dando ombros - o Não você já tem - disse o encorajando e quando piscamos Chaz já estava ao lado da garota levando o maior fora.

- Não ligo pra você, imbecil - ela disse dando um empurrão nele.

- Aly... - ela deu-lhe um tapa na cara e eu e os caras começamos a rir sem parar e prendemos o riso quando ele voltou a mesa com a maior cara de bosta

- Culpa sua Jordan - ele disse tomando outro copo

- Não me culpe pelo seu fracasso - se defendeu

- Quer saber? Que se foda, eu vou foder muitas hoje e ela vai querer em breve - ele disse alto para a garota escutar. Chegou a garçonete e Chaz começou os peitões dela com os olhos e ele foi ao "banheiro" acompanhado por ela, e vi o olhar da Aly o seguir.

- Não quis, agora perdeu - Falei me dirigindo a ela.

- Perdi? - ela prendeu o riso e as outras meninas riram também - Espera cinco minutos e agente volta a essa conversa - ela prendeu o riso e as meninas gargalharam.

 Meu corpo se arrepiou quando a Skylar deu uma risada muito gostosa. Ela parecia não se importar com a minha presença ali, ela não fazia questão de me olhar nem de dar moral para nada que eu falava, isso estava me corroendo, mas eu não demonstraria emoções, cansei de correr atrás. 

Alguns minutos sem passaram e ouvimos uma gritaria

- QUE PORRA SEU TRAVESTI IMBECIL - Chaz saiu dos fundos gritando e eu não aguentei, todos começaram a rir sem parar e ele estava envergonhado apenas passou pela porta e saiu em seu carro. Vi que garota se sentiu mal.

- Vou atrás dele - ela se levantou e Skylar segurou seu braço

- Não faz isso - a repreendeu

- Cuida da sua vida, Skylar - falei e ela me olhou debochada

- Falou o cara que não cuida da própria - disse friamente e eu apenas dei uma risada tomando meu gole e Jaxon encheu meu copo novamente.

- Se fosse uma mulher, ele não exitaria nenhum segundo, Aly - Skylar continuou - Você é melhor que isso - a garota ficou pensativa e se sentou novamente.

Chris trocava ideia com uma garota da mesa delas, Ryan estava sentado igual uma bicha ao lado de America na nossa mesa, Jordan já havia ido, então restava eu e Jaxon ali, brindando a cada golada que dávamos.

- Achei que você ia ficar com raiva de mim  - ele disse por fim me olhando

- Não perderia a amizade do meu irmão por causa de uma garota, mesmo sendo aquela vadia ali - falei olhando para ela que me olhou da mesma forma e ficamos nos encarando por alguns segundos. Ela se levantou rapidamente e começou a caminhar para os fundos

- Vai atrás dela - Jaxon disse simples apontando para Sky que sumiu do meu campo de visão

- Ela deve ter ido ao banheiro - dei ombros

- Ta vacilando... - ele bufou

- Vacilando? Eu estava na merda, me droguei, bebi, desmaiei inconsciente, ela me fala de cara que esteve com meu inimigo, que horas antes ficou jogando na minha cara a bela história dos dois a tempos atrás, e que ela pagou o governador com as informações que ela conseguiu? - dei uma risada balando a cabeça

- Eu estava com ela, escutei tudo que ela disse a Arlow, ela não hesitou em falar que estava com você e fez tudo pra salvar sua pele.

- Não pedi

- Semana passada você a entregou para pessoal de Arlow, duvidou da lealdade dela e sabe o que ela fez? - o olhei sentindo a raiva me atingir já - Te perdoou.

Não falei nada, apenas me levantei e fui caminhando para os fundos, pisando pé por pé, parei quando vi Skylar em pé com os braços cruzados sobrando aquela neblina da noite olhando para o nada.

- Está frio pra você ficar aqui - me pus em seu lado

- O erro deve estar comigo - ela disse de repente e uma lágrima rolou em sua bochecha

- Por que diz isso? - perguntei não entendendo o motivo de sua tristeza

- Nada - ela disse limpando a lágrima e se virando pra sair, mas refletivamente segurei seu braço a impedindo de sair.

- Você vai ter seu final feliz, Sky - senti minha garganta ficar seca - Vou te dar isso

- Não quero nada de você mais - disse simples e senti aquele frio correr em minha espinha

- Então é isso? Acabou? - a virei de frente pra mim

- Sim

- Não pode terminar com tudo quando o erro não foi inteiramente meu - disse inconformado.

- Não? Em qual direito você tinha de me agredir? - ela colocou seu braços nos distanciando - Depois de tudo que você prometeu? Eu só queria te ajudar, eu imaginei trocentas maneiras de te perder pra aquele governador e eu só fiz o que eu achei que era certo.

- Sky... - me interrompeu

- Me deixa terminar! - se alterou - E minutos depois eu te pego transando com aquela Vadia? - ela deu uma risada sem vida - VOCÊ NÃO TINHA ESSE DIREITO - seu grito berrou dentro de mim

- Eu não estava sóbrio - ela balançou a cabeça debochando da minha fala - Desculpe, mas essa é a minha única justificativa.

- Quero que você me deixa em paz, tem a Talyssa por ai, a Piper...

- Como você sabe da Talyssa? - perguntei sem entender

- Ela esteve comigo na casa de Chaz, me ameaçou, disse mil merdas e foi embora

- Ela vai estragar tudo - falei bufando e chutei a porra da lixeira que havia em meu lado

- Estragar o que?

- A gente, aquela vadia não vai parar enquanto não tivermos nada - comecei a me alterar.

- Mas não temos nada - ela disse tão fria que eu não consiga mais enxergar o brilhos em seus olhos. Segurei seu rosto perto do meu e falei:

- Me responde uma pergunta - sussurrei e a prendi em mim de modo que ela não conseguisse sair.

- Qual?

- Eu te perdi? - perguntei e ela ficou calada

- Da ultima vez eu te disse que mais um erro seu você não me teria de volta. - se soltou de mim - A gente se vê por ai, Bieber e por favor - me olhou - Não se mete na minha vida a partir daqui

- Vai ter que me aguentar muito por ai, Skylar. Você continua sendo minha. 

Skylar Mayer P.O.V

Dessa vez eu não cederia, mesmo doendo em mim. Quando eu o escutei dizendo que eu era dele a minha vontade era deu correr para seus braços arrancar suas roupas e ficarmos juntos a noite inteira.

- Um dia vou deixar de ser sua, talvez no dia que você abre a porra dos olhos e perceba que não cumpre suas promessas, que não gosta o suficiente pra mudar por mim. - senti aquela dor me vagando em cada palavra que eu dizia.

- Eu mudei por você, Skylar - Ele apontou o dedo pra mim - MUDEI POR VOCÊ PORRA, MAS VOCÊ DISSE QUE ESTARIA PRONTA QUANDO EU FOSSE UM BOSTA NOVAMENTE, POR QUE ERA PARTE DE MIM E O QUE VOCÊ FEZ? ME DEIXOU.

- Então me prova, caralho - disse se alterando - Falar que mudou e manter a atitudes por dois dias? Isso não é mudar! - neguei com a cabeça - Eu me manti só pra você, eu menti por você, eu te perdoei em tudo que você fez comigo, eu cuidei de você. Não sou otária por homem, Justin. 

- Nunca disse que era. Mas eu te falei que uma hora eu ia explodi - tentou mais uma vez se justificar

- Ser grosso, arrogante, gritar é diferente de me bater - disse por fim - Chega disso, não faz diferença mais  - falei me virando e saindo rápido

- MEU CORAÇÃO BATE POR VOCÊ GAROTA E EU VOU TE PROVAR ISSO - o ouvi gritar antes deu siar por completo.

Fui direto para o estacionamento pegar meu carro. Peguei meu celular e comecei escrever uma mensagem 

"Tem como vir aqui?"
"Bieber me mata, lol"
"Eu te amo"
"Estou chegando"

Eu cheguei em casa, coloquei minhas chaves na estante e segui para meu quarto. Provavelmente todos estavam dormindo então fiz o minimo de barulho possível. Dei um sorriso quando o vi sentado na minha cama.

- O que queria comigo? - perguntou 

- Que me abrace até eu dormir e esquecer desse dia horrível. 



Abri Ask.fm perguntem lá @mandspeixoto 
CONTINUA? 10 comentariosss! SEGUEM O BLOG GENTE SÉRIO
EU PRECISO MUITO DE VOCÊS SEGUIREM PARA RECEBEREM NOT DE QUANDO EU POSTAR
Me falem o que estão achando da fic, o melhor está por vim a fic agora vai ficar ENGRAÇADA DEMAISSSS! SEGURA PEAOOOO!
>>>>>>>>>>ANONIMO NÃO COMENTA MAIS DE UMA VEZ. <<<<<<<<<
GENTE VAMOS CHEGAR A 50 SEGUIDORES.
COMENTEM COMENTEM COMENTEM!

10 comentários

  1. Continua estou amando! Sou nova por aqui e em uma semana consegui ler tudo❤️

    ResponderExcluir
  2. Asmei demais 💟💟
    Aí ai ai tava morrendo de medo do Justin ter desistido dela, mas já vi que ele vai correr atrás ☺☺
    Senhor! Quem é o cara que ela chamou? 🙈🙊
    Continua please

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Euu tambem quero saber quem é o cara que ela chamo... Mas to desconfiada que é o Bieber porque olha... Quando ela (Sky) mando a msg ela escreveu assim "Bieber me mata"

      Excluir
    2. Acho q a pessoa q tava falando com a Sky estava afirmando a mesma que o Justin a mataria se fosse se encontrar com ela. E se fosse a Sky pedindo pra o Justin "matasse" ela teria a virgula, imagino

      Excluir
  3. Gente, gente, que capitulo foi esse??
    Eu realmente AMO a Sky, ela esta certa na minha opinião, porque por mais descontrolado que o Justin seja ele prometeu que nunca iria fazer isso de novo com ela. Ele mudou? Bem só um pouco, porem já e uma evolução certo?
    Mais oque ele não percebe e que mesmo ele tendo mudado ele machuca a Sky, ele pena que e o único maxuchado da história mais não e verdade, a Sky sim e a verdadeira maxucada daí.
    Bieber em um relacionamento tem que ter confiança, lealdade, segurança, amor, tranquilidade, e varias outras coisas. Mais você já parou pra pensar tudo oque você fez pra ela? Você duvidou da confiança dela, praticamente entregou ela para o seu maior inimigo, você bateu nela e agora ela pegou você transando com a Piper. E a única desculpa que você da e que você estava chapado e não tinha controle dos seus atos. Faça me o favor ne?
    Se você realmente quer ela, lute por Ela porque você não vai conseguir ela de volta ficando parado não.

    Continua, bjs💜😘

    ResponderExcluir
  4. Continua plmds!! Aaah vc e esses suspenses

    ResponderExcluir
  5. Pq você não posta dois capítulos de uma vez? Tu ainda vai me matar por esperar o capítulo novo mulheeeer!
    Ps: esqueci de me identificar, dsclp
    // Andressa

    ResponderExcluir
  6. Meu Deuuss hj eu n tenho o q comentar só que vc arrasa e sua fic tbm tá um arraso e q tu tem q continuar mulher q ta muito bom, eu murcho quando vejo q ta acabando KKK tô muitooo curiosa pra saber quem é a tal pessoa q a Sky chamou

    \\Evelyn\\

    ResponderExcluir
  7. cara oq eu fçooo mdsss
    acho q é o chris mano, tem q serr aaa e oq sera q vai acontecer c o casall veioo vo surttaaa akk e a culpa é suaaa
    continua logo pfvv so mt anciosa

    ResponderExcluir