14/06/2017

Nobody Sees: Capitulo 24 - Traidora?

Resultado de imagem para Bieber gif 2017


Justin Bieber P.O.V

Skylar estava nua deitada em minhas pernas e eu acertava sua bunda frequente com tapas ligeiramente forte.

- Caralho - Sky caiu na cama com as penas bambas e suando. 

- CARALHO mesmo - falei olhando pro teto desacreditando desse sexo maravilhoso

- Esse foi o melhor de todos - ela disse tentando recuperar as forças

- O melhor da minha vida - falei a olhando e fui lá e beijei forte seu rosto

- Essa casa é legal - ela disse olhando o lugar e se levantou se enrolando no lençol e foi para o banheiro e eu fui atrás dela. começamos a nos enxaguar e ela estava quieta...

- O que é? - perguntei pra ela

- Sua família chegou, você devia estar com eles - ela não hesitou em falar o que se passava

- Amanha você vai pra lá comigo - falei simples enquanto terminava meu banho ligeiramente rápido.

- Não vou mesmo - ela disse me olhando tão seria quanto sexy.


- Por que? Você não tem que ter medo, Sky - falei beijando sua testa e ela revirou os olhos

- Não é medo, não estamos tão focados a ponto deu conhecer sua família - ela disse e eu senti uma ofensa me abater, mas que merda ela estava falando?

- Mas que papo é esse? Eu conheci sua família, e que isso de focados? Eu sei que a unica pessoa que eu quero é você, não tenho duvida de disso, você tem? - disse não entendendo o lado dela da história.

- Não - ela suspirou - Droga... E se eles não gostarem de mim? - ela disse se enrolando na toalha

- Eles vão te amar, Sky, minha irmã é ciumenta, mas minha mãe é uma ótima pessoa, o Jaxon você já conhece, e meu pai é um cara normal - expliquei

Ela ficava linda com essa paisagem de preocupação.

- Não sei, Justin, tenho que pedi meus pais - ela saiu do banheiro e logo depois eu fiz o mesmo. Podia ser estranho, mas a paz tomou conta do meu corpo quando eu vi aquela garota deitada na minha cama. Era como se nada mais fosse me atingir por que a unica coisa que podia me atingir estava ali na minha frente, ela ficou me fitando enquanto eu a fitava e ela soltou um sorriso aberto e cobriu o rosto com o travesseiro e eu ri.

- Odeio que fica me encarando assim, você sabe disso - ela disse com a voz abafada

- Você é linda - falei indo até ela e a beijando e ela me agarrou forte me puxando para cima dela, ela brincou de me morder até eu colocar minha cueca e deitar ao lado dela.

- Hoje está cansativo - falei deitando próximo a ela e ela suspirou pesado olhando para fora do quarto através da janela.

- Foi mesmo, e meu corpo esta doendo - ela pregou os olhos alguns minutos enquanto eu dava alguns beijos no seu rosto e eu a vi apagar, sorri encostando sua bochecha com meus lábios e peguei meu celular tirando algumas fotos nossa e uma que eu achei legal eu coloquei como tela de bloqueio e aos poucos pensando sobre meus novos planos de trabalho, sobre o novo/velho trafico que vou mexer, eu estava com medo da Skylar descobri, eu faria de tudo para manter em segredo e não a assustar com isso.

Acordei e não senti o corpo da Skylar perto do meu, abri meus olhos com dificuldade e me arrastei até a pia escovando em seguida meus dentes.

- Sky? - nada respondeu - Sky? - segui o corredor e desci as escadas e a vi  comendo algo e ri. Beijei seu pescoço causando um leve susto nela e ela me beijou

- Foi mal, eu estava faminta - ela disse de boca cheira e riu

- Também estou, na verdade eu ia te levar pra tomar café, mas você é apressada - falei pegando um copo de leite

- Me leva pra almoçar, não seja por isso - ela gargalhou e eu não aguentei, ela melhora qualquer humor meu.

- Minha mãe me ligou hoje, ela quer que eu volte pra casa hoje a tarde - falou

- Eu te levo - falei - E a America?

- Ja contei tudo a ela, rimos muito - ela disse rindo

O tempo passou e eu a levei na casa dela e pedi permissão para a mãe dela deixar eu a levar na minha casa, Skylar tentou fazer de tudo para não ir, inventou muitas desculpas, mas é óbvio que eu a obriguei e fiz chantagem por ela ter me obrigado a ir na igreja com ela aquele dia.

Entramos pela porta da frente, os seguranças estavam em movimentos, e a Klau estava trabalhando. Peguei nas mãos de Skylar para a deixar mais segura, ela apertou forte e percebi o medo correndo em seu corpo.

- Olha os pombinhos - Ouvi a voz de Jaxon e abracei meu irmão sorrindo e Skylar ignorou o seu comentários

- Cunhadinha - ele disse irônico e beijou o rosto dela e ela riu.

- Quem está ai? - ouvi a voz da Jazzy e quando ela viu Skylar ela prendeu os olhos nela e senti que isso ia virar o caos.

- SKYLAR - Jazzy gritou e pulou no colo da minha garota

- JAZZY - Skylar a abraçou e eu e Jaxon nos olhamos não entendendo nada.

- O que é isso? Vocês se conhecem? - Perguntei olhando as duas se agarrando como se tivessem matando saudade de mil anos.

- Sim, ela estava no acampamento da Kappa Hug a dois anos, mas ela era do Canada, não nos falamos mais depois de um tempo - Sky disse sorrindo e eu estava chocado, que porra de mundo pequeno.

- Cara, fizemos muita merda naquele acampamento - Jazzy disse rindo alto e Skylar prendeu os lábios em uma só linha prendendo o riso.

- O que vocês fizeram? - Jaxon disse dando um passo a frente

- O que acontece no acampamento, fica no acampamento - elas disseram unidas e se entreolharam rindo. Não gostei disso.

- Depois vamos conversar - falei para a Skylar e ela me beijou e Jazzy deu um grito de estourar os tímpanos.

- Nem acredito que pela primeira vez na vida, esse coração de pedra está gostando de alguém... - Ela fez uma cara de duvida e olhou para Skylar - Ou melhor, Skylar você está iludindo meu irmão? Por que é mais fácil um coração de gelo derreter do que você ter um

- Caralho, Jazzy, pesado - Jaxon disse colocando a mão na boca.

- Pra você ver que você é diferente - Skylar disse sorrindo pra mim e eu me senti feliz em saber que toda essa frieza que ela viveu, eu acabei.

- Ta aprovado - Jazmyn disse e Skylar a olhou com deboche

- E se não estivesse? - provou

- Minha filha, você ia pedir pra sair do país - Jazmyn disse

- Ia mesmo - Jaxon completou

- Oh, se ia - falei segurando a cintura da minha garota e beijando seu ombro.

- Claro que eu ia, ela aprendeu com a melhor - ela disse e elas lançaram um olhar maldito uma pra outra.

- Justin, não acho mais que a Sky é uma boca companhia para Jazzy - ele disse fazendo todos gargalharam.

- Onde está minha mãe e meu pai? - perguntei aos meus irmãos

- Pattie está na cozinha e papai na piscina - Jazzy respondeu e grudou em Skylar

- Agora você larga a Skylar? Ache outra amiga pra ocupar seu tempo - falei e puxei Skylar pela mão cruzando nossos dedos e ela apertou minha mãe forte e fui de encontro a minha mãe na cozinha e quando seus olhos bateram em nossas mãos dadas ela ficou levemente séria e logo soltou um grande sorriso.

- Ela é linda - foi a primeira coisa que ela disse e veio logo me abraçando forte e depois Sky

- Mãe, essa é Skylar, Sky essa é a minha mãe - as apresentei e elas se cumprimentaram.

- Você é linda - Sky disse sendo doce como sempre e minha mãe sorriu.

- Que isso, estou na flor da idade já - elas riram

- Claro que não, está ótima - respondeu.

- Obrigada, querida - ela sorriu e eu segurei a cintura de Skylar e a direcionei pra dentro de casa, subimos as escadas e topamos de cara com meu pai que olhou Skylar de cima abaixo e sorriu.

- Isso ai, filho - ele disse sorrindo e foi direto e beijou a mão de Skylar e me deu um abraço.

- Esse é meu pai Jeremy - falei e ela sorriu sem graça com o olhar do meu pai sobre ela

- Pai, manera - falei e ele gargalhou

- Oi - ela disse um pouco séria

- Essa é a Skylar - falei por fim e ele sorriu

- Ótima garota - ele sorriu - Vejo vocês mais tardes tenho que sair antes que sua comece a perturbação e eu ter que dar um murro nela - ele disse nos fazendo gargalhar

- Vocês que me estressam, se não se gostam ficam longe, mas não, vocês fazem tudo junto - falei e Skylar riu.

- Essa mulher que fica atrás de mim, meu filho, essa louca.

- JEREMY - ouvimos a voz fina da minha mãe

- O QUE FOI DESGRAÇA? - ele respondeu fazendo Skylar gargalhar e colocar seu rosto no meu pescoço para abafar sua voz.

- TO SENTINDO MINHA ORELHA QUEIMAR, VOCÊ ESTÁ FALANDO MAL DE MIM PARA A NAMORADA DO JUSTIN? - ela gritou e ele revirou os olhos

- ESTOU - gritou grosso

- DESCE AQUI AGORA, JEREMY BIEBER - ele bufou e desceu.

- E lá vai mais um caso perdido - falei olhando ele descer as escadas e Sky começou a rir sem para

- Skylar depois você vem aqui? - Jazmyn colocou a cabeça pra fora do quarto dela no final do corredor e a olhamos

- Vou sim - respondeu e fomos para meu quarto

- Você não vai lá, ela sempre consegue me convencer das coisas, ela vai deixar você lá, não vou deixar - falei e Skylar deitou na minha cama suspirando.

- Me sinto uma intrusa com eles aqui - ela tapou os olhos, envergonhada e eu fui até ela e a beijei.

- Para de ser boba, quer que eu os mande embora? - perguntei serio e ela me olhou incrédula.

- Está louco garoto? - ela se sentou e eu ri 

- Quero você confortável - falei suspirando e caindo na cama ligando a TV.

- É sua família – ela disse fazendo uma cara e indignação e bufou – Ah foda se, não sei que surpresa é essa, você é o Justin – ela disse vindo e me beijando e deitou do meu lado e eu a puxei de rosto para colar ao lado do meu.

- O que você quis dizer com você é o Justin? – sussurrei em sua

-  Você é grosso, nada simpático, esses dias você ta todo amorzinho por que ta querendo me impressionar, mas to preparada pra na hora que você acostumar com minha presença e voltar a ficar normal

- Não, eu só não consigo te tratar mal mais, mas de vez em quando deve sair algo – falei rindo e pressionei meus lábios contra o dela.

- Vamos descer, é chato sua família estar aqui e você no quarto comigo.

- To nem ai pra eles, Skylar, não era nem pra eles estarem aqui, tem um roubo grande chegando e eu nem queria eles aqui só o Jaxon, diz meu pai que vai me ajudar, mas eu não quero colocar ninguém em perigo.

- Meu deus, você fala isso como se fosse super comum -  ela riu me fazendo sorrir

- Pra mim é normal – assim que me calei meu telefone tocou

- Oi, Chaz – atendi.

- Deu ruim, irmão – ele disse e percebi a aflição em sua voz.

- Fala rápido então – me sentei na cama,  já tirando minhas roupas para ir ao banheiro tomar banho e Skylar ficou me acompanhando pelo olhar

- A mercadoria chegou com documentação falsa, isso vai dar BO quando for passar pra mãos do Fidel lá na Itália.  - ele disse e eu bufei 

- Quem mais tinha envolvimento com esse trafico, Chaz? - perguntei colocando no viva voz e entrando no chuveiro e Skylar entrou e ficou escorada na porta.

- Só o Arlow, mas já tem muito tempo, é naquela nossa época. Sai do banho colocando uma roupa rápida e joguei um boné.

- Espera ai, Skylar - falei quando ela me olhou como se quisesse saber do que se tratava

- Chaz, eu vou matar esse cara, se ele tiver se envolvimento com esse trabalho nosso, eu não perdoar um segundo se quer da vida dele, quero TODO mundo na cede em meio segundo, e com algo pra me mostrar, e fala pro Chris que se ele não aparecer lá com as assinaturas eu dou um tiro nele - desliguei o telefone 

- Eu vou com você? - Skylar perguntou me olhando e eu dei uma risada irônica.

- Obvio que não - respondi sério

 - Vou te deixar em casa e não tenho hora para retorno 

- Não vai nem me falar o que está acontecendo?

- NÃO É DA SUA CONTA, SKYLAR - o arrependimento e o desgosto nas minhas palavras surgiram assim que me calei.

Ela se virou e saiu do quarto, mesmo eu tendo a chamado uma ou duas vezes arrependido, peguei minha chave, minha arma, e algumas coisa e desci e a vi despedindo de minha irma e depois de Jaxon e ela seguiu para a varando e eu fui direto até ela, e ela já estava de cabeça baixa e séria e eu suspirei.

- Desculpa - falei por fim quando estávamos dentro do meu carro.

- Para de se desculpar, vamos logo

 - Não quero você com raiva de mim, como vou concentrar lá sabendo que você está assim comigo?

- Por que não pensa antes de fazer merda?

- Eu estou estressado com o que aconteceu, você devia entender isso, um carregamento meu foi  alterado, e esse é trafico mais perigoso que já mexi, isso é baixamente sujo, nada pode dar errado, entende a gravidade? 

- Não vou discutir com você, não estou com raiva, só me leva pra casa - liguei o carro suspirando. 

Caminho foi silencioso e eu me sentia mal, eu estava com pressa e ela estava mexendo no telefone até que eu parei enfrente em sua casa e ela foi logo abrindo a porta e eu segurei sua mão antes dela sair.

- Sky...


Ela me beijou e me olhou


- Se cuida lá e volta inteiro - ela deu um sorriso e eu a beijei novamente


- Passo aqui mais tarde


- Não precisa, vou ficar com minha família e acho que depois você deveria fazer o mesmo - ela disse e se virou saindo e eu acelerei o carro com o coração aliviado. e fui para meu serviço.


- Quero informações, demorei até demais - cheguei falando e vieram me apresentando relatórios.


- Irmão, sim foi Arlow, ele quer pegar a carga, só pode, até o endereço de entrega foi mudado - Ryan chegou me mostrando


- Assinatura é dele - Chris disse me olhando


- Seis de nossos homens morreram, tentamos conversar com o filho da puta que passou o contrato e ele estava com um exercito lá - Um de meus homens disse me olhando


- Qual o novo endereço que eles vão pegar a carga? - perguntei me virando para a tela do computador.


- Deixa eu ver - Disse Chaz lendo umas partes do contrato.


- Ai meu Deus - ele disse e todos ficamos o olhando fixamente


- FALA LOGO PORRA - gritei impaciente


- É na casa da Skylar.


CONTINUA?
6 comentarios??????????/

>>>>>>>>>>ANONIMO NÃO COMENTA MAIS DE UMA VEZ. <<<<<<<<<

GENTE VAMOS CHEGAR A 50 SEGUIDORES.
COMENTEM COMENTEM COMENTEM!
Meu deus o que acharam? ah to amando!!!!!!


8 comentários

  1. Estourado do jeito que essa mula é ele vai fazer merda.
    Continua por favor.

    ResponderExcluir
  2. JESUS CRISTO !!! CONTINUA PELO AMOR DE DEUS

    //rayanne

    ResponderExcluir
  3. Ahhh que BAPHO!!! Chocada estou com esse final acho que tem um dedinho do Malton nisso não preciso nem pedir pra continuar né??

    //Evelyn//

    ResponderExcluir
  4. Você me deixa impaciente. Continua amore
    // Andressa

    ResponderExcluir