27/02/2017

Nobody Sees: Capitulo 20 - O plano!

Imagem relacionada

Skylar Mayer P.O.V

O que mais me doeu foi eu chorar a noite toda, eu nunca me senti assim, sentindo falta e alguém, como se tudo pra essa dor passar era ela, ou melhor, ele. America ficou os três dias me aguentando nessa maldita dor e rancor, como se eu quisesse esquecer ele e parar de sofrer por uma coisa tão idiota.
- Skylar, se anima, hoje vamos arrumar um gato pra você e você vai esquecer o Bieber rapidinho - ela disse beijando meu rosto e eu sorri.
- Tem que ser um muito gato - falei gargalhando
- Pode deixar - ela disse animada e me levantou - Vamos nos arrumar, Ryan vai levar a gente - ela disse e eu fechei a cara
- Não quero ir com ele, vou no meu carro - falei 
- Não vou brigar, pode ir - ela disse suspirando e pegando sua toalha e eu peguei a minha. Entramos no chuveiro juntas já que a tia paula estava tomando banho no outro banheiro.

- ARREDA AMERICA - falei lhe dando um empurrão e começando a me molhar e ela bufou e cruzou os braços me esperando 
- SKYLAR NÃO SOMOS SÓCIOS DA COPASA, SAI DAI - ela disse  me tirou do chuveiro então eu fui passar sabão e lavar meu cabelo, e depois ela fez isso.
- Me da o sabonete ai - falei tentando pegar dela
- Eu to usando, porra - ela disse se virando de costa pra mim e usando o sabão
- ME DA, AMERICA - falei e começamos uma briga de quem isa usar a merda do sabonete. Infelizmente ela ganhou e eu fiquei sem sabonete. 
[...]
- Essa lingerie é de matar - Mare disse me olhando naquela peça sexy que deixa qualquer homem louco. 
Terminamos de nos arrumar e eu fiquei esperando o Ryan chegar para levar a America e eu ir no meu carro, quando ele chegou eu fui o seguindo, quando chegamos na rua da boate, estava uma fila imensa para entrar, o lugar estava um espetáculo e as pessoas ficaram nos encarando, por que estávamos com seguranças e passamos pela entrada vip. Otários. 
Fui de encontro ao Chaz e lhe dei um abraço apertado e um beijo.
- Adorei - falei olhando o lugar
- Obrigada por ter vindo - ele falou me pegando pela cintura e beijando meu rosto
- Hoje eu vou esquecer meus problemas, caro amigo - falei e ele gargalhou
- Vai que é sua, mas seu problema vai aparecer - ele falou e eu entendi que ele se referia ao Justin.
- To livre, Chaz - falei sorrindo e sai dali andando.
- Sky, vem, vamos ao bar - America me puxou para o bar e pedimos bebida, eu peguei apenas energético e Mare uma mistura forte, ri e fomos para a pista.
Começamos a dançar e os olhos se voltaram para nós, como sempre. Ryan olhava para America com raiva, e Chris o segurou, de longe eu vi ele morrendo de ciúmes, até que eu encontrei com um loiro tatuado, sorri sexy e o ignorei e rebolei mais ainda.
- Vamos lá - falei puxando America até os meninos e eu cumprimentei Chris e Justin me deu apenas um sorriso sem abrir os lábios e eu fiz o mesmo.
- Você está gostosa pra porra - Justin disse me olhando
- Eu sei - falei dando ombros. Sei que ele se excita quando eu faço pouco caso dele, ele ama um jogo.
- Está matando todo mundo aqui - Chris disse beijando meu rosto
- Se meu irmão não estivesse nessa viadagem, eu te agarrava agora mesmo - Jaxon disse fazendo todos rirem, menos Justin.
-  E levaria um tapa logo em seguida - falei pegando sua bochecha e chegando bem perto da sua boca e ele agarrou minha cintura
- JAXON - Justin disse o puxando de mim e Jaxon riu.
- Relaxa irmão - ele disse batendo no ombro do irmão e Justin saiu dali com uma cara nada boa
- Ele não vai aguentar - Chris disse olhando para o Bieber.
- Não mesmo - Ryan disse o olhando também e dando um gole na sua bebida.
- Vai foder essa porra toda - Chaz disse coçando a cabeça.
- Não estou nem ai com ele, tem um cara ali que está me encarando e ele é gato pra caralho, e eu to nele - mandei um beijo no ar e fui conversar com o gato
A pessoa mais engraçada do mundo chamava Patrick, o gato me falava coisas e eu dava muitas risadas, eu via Justin passar e me encarar feio e eu repassei o olhar e ele saiu andando com uma vadia do lado e a puta era bonita. Idiota. Vou matar essa vadia. 
America P.O.V
Nosso plano estava indo como planejado, Skylar está conversando com um gato e Justin com a vadia mais bonita que Chaz contratou. Chris já foi arrumar o escritório e Ryan estava bolando a mentira. 
- Sky - a chamei e ela me olhou - Um segundo - a puxei do menino e arredei um pouco meio tanta gente.
- O que foi? A gente estava quase ficando, porra - ela disse brava
- Não faz o Justin estragar com essa festa, fica com ele em um lugar reservado, Chaz arrumou pra você - falei e ela revirou os olhos.
- Aonde? - cruzou os braços e eu sorri
- Chaz vai subir com ele, e vamos despistar o Justin e você sobe - falei e ela sorriu 
- Ta - ela disse se virando e falando algo com o cara, olhei para Chaz e ele veio rapidamente e chegou no cara, se apresentando como o dono do lugar e que ia arrumar um lugar para os dois, e começou a subir a escadas com o cara. 
- Vem - peguei a Skylar e comecei a arrasta-la até o bar.
- E ai, gostou do cara? - Chris disse para a Skylar e ela sorriu
- Muito, vou ser toda dele hoje, ele merece, me tirou risadas e é lindo demais - ela disse se derretendo e eu apenas revirei os olhos, ela não sabe nem disfarçar que quer implicar o Justin. 
- Isso ai - ele estendeu a mão e ela bateu
- Gente - Ryan chegou abafado - O carro do Bieber foi baleado, e estou indo conversar com a segurança, fiquem tranquilos, o lugar ta cercado, a festa continua - ele disse e me deu um selinho e saiu dali 
- Meu irmão está lá fora, meu pai disse que tem pista de quem seja, por que também balearam o dele na no Canada, os caras bateram o carro a seis quilômetros daqui e os seguranças do Justin já foram lá, ele deve ta uma fera - Jaxon chegou fingindo desligar de uma ligação 
- Vai lá né idiota - falei alterando, como o combinado
- O que ainda está fazendo aqui cara? - Chris disse
- Anda, Jaxon - Skylar disse a ele e ele saiu dali.
- Justin vai matar esse cara - falei bebendo
- Já que ele está lá fora, aproveita e sobre, Sky - Chris disse a olhando
- Verdade, tchau pra vocês - ela disse se virando 
- Eu vou te levar lá - falei e comecei a guiar para o escritório. Subimos as escadas e eu mandei uma mensagem para o Chaz "Agora". 
- Skylar, não faz cu doce, pega essa menino de uma vez se não ele vai é te largar lá encima e pegar outra aqui em baixo, se está afim de largar o Bieber, vai firme. - falei fazendo aquela pressão.
- Tenho cara de quem hesita, idiota? - ela disse e eu sorri, paramos na porta
- Já chega beijando - falei e ela sorriu e abriu a porta.
Justin Bieber P.O.V
Eu estava naquele escritório esperando a melhor vadia desse lugar, Chaz me falou que a vadia da Skylar ia ficar com um cara magnata que estava lá embaixo e até ele achou bem baixo da parte dela, pegar um filho da puta daquele, bandido, eu sou um problema por ter a vida que tenho e ele não é? E ela cai matando? Vai tomar no cu, vou comer essa vadia holandesa e depois fazer o caralho a quatro com ela pra todo mundo ver.
As luzes estavam escuras, eu ouvi a porta abrir e eu estava com um sorriso no rosto, agora que o show começaria, senti um corpo cheiroso perto de mim e eu apenas agarrei sua cintura e começamos um beijo quente, minha mão foi na bunda dela, e eu comecei a sentir algo estranho, esse beijo me lembrava alguém, e meu corpo gostou tanto da sensação que eu não parar, a garota me envolveu passando as mãos em toda minhas costas, e as arranhou por baixo da blusa e foi ai que minha cabeça se confundiu, eu tenho que parar de pensar que isso poderia ser outra coisa, ou outra pessoa. 
Ela me envolveu tão fortemente e eu levei a mão no seu cabelo com urgência, eu queria aquela sensação do beijo novamente, meu corpo estava pegando fogo, ele só ficava assim com um toque diferente. Holandesa do inferno, está me deixando louco. Ela se separou de mim e ficamos com os lábios próximos e estava respirando forte
- Por que você beija igual a ele? - quando ouvi aquela voz escapar. Meu corpo só faltou explodi, eu a puxei sem pensar duas vezes e a beijei intensamente, coloquei minhas duas mãos em seu rosto e ela me agarrou com força, era ela.
- Sky - sussurrei quando nos separamos por folego e ela encostou o rosto dela no meu e passou os braços no meu pescoço e arfou próximo a minha boca e pra mim isso foi o ápice. A puxei para meu colo e a sentei na mesa de madeira que havia ali e ela me agarrou fortemente, começamos um beijo diferente, como aquele na minha casa, era de saudade, eu morria de saudades daquela boca maravilhosa e do melhor beijo que já tive, aquele corpo, daquela mulher.
Ela puxava meu cabelo e arranhava minha nuca me deixando louco, levei uma mão entre suas pernas e a toquei, ela parou o beijo para gemer e eu fiquei louco.
- Preciso de você - falei sem força alguma e ela gemeu novamente com meu toque
- Awn - ela disse mordendo meu lábio inferior e eu partir para sua boca novamente - Bieber - ela disse gemendo e eu estava sendo torturado.
Tirei sua calcinha com urgência e ela abaixou minha calças com as pernas. e ela tocou meu membro e eu ataquei seu pescoço e ela me arranhava com força, em busca para contorcer seu prazer. Eu a estimulei até ela ficar bem encharcada e quando estava pronta ela mesmo me puxou para dentro dela, ela estava tão apertada, fui tirando seu vestido durante as entocadas lentas e ela me agarrava de uma força que jamais fez. Eu amava essa sensação.
- Jus... - ela tentou terminar mas deu uma gemida gostosa de ouvir e eu a senti nua colada em mim, ela tirou minha camisa com urgência e sugou meu pescoço, senti chupões vagar pela aquela região e eu quase tirei sua pele das costas fora de tanto que eu a apertava enquanto eu dava entocadas cada vez mais rápidas.
- Sky - arfei - Geme pra mim, Sky - falei deliciado do seu peito até seu pescoço e assim ela fez, ela começou a gemer enquanto me envolvia e cada vez as entocadas aumentavam. Eu estava em pé e tombava minha cabeça quando ela beijava meu maxilar.
- MAIS RÁPIDO - ela disse gemendo arranhando toda minha parte de trás até acima da bunda e aquilo me levou a outra dimensão. Chegamos ao ápice e ela atacou meus lábios, eu a puxei para um abraço e comecei a beijar com toda vontade do mundo, eu a queria tanto. Ela retribuía cada ato e me beijava intensamente, até que senti ela se separar de mim, procurar por suas roupas encima da mesa e começou a colocar sua calcinha e depois seu vestido.
- O que foi, Sky? - segurei sua cintura e a virei pra mim. Eu daria tudo para ter visão do seu rosto agora, mas estava escuro.
- Quer ficar comigo de novo? - ela disse perto dos meus lábios e eu a segurei forte.
- É claro que sim - falei tentando a beijar e ela não deixou
- Só na cama agora - ela selou meus lábios e saiu andando rápido e ouvi a porta ser aberta e ela sair.
Coloquei minha calça em um tempo absurdo e abri aquela porta com urgência e sai a procura dela.
- Cade a Skylar? - disse abafado quando avistei o Chris e o pessoal bebendo  e curtindo.
- O que você fez, Bieber? A gente fez de tudo para te ajudar, porra - Chaz falou me olhando serio.
- Cara, eu fiz tudo com ela, e agora to indo fazer mais - falei com um baita sorriso na cara e todo mundo gargalhou
- Vai ficar ai, Bieber? - ouvi aquela voz atrás de mim, ela estava com seus saltos na mão me olhando com o olhar mais sexy que ela tinha, eu não consegui fui até ela e a beijei com urgência e ouvi todo mundo gritar, rimos entre o beijo e eu peguei sua mão e comecei a levar dali, fomos para a entrada e entramos no meu carro. Comecei dirigir e coloquei uma mão minha na perna dela e ela mordeu os lábios.
- Não faz isso, Skylar, eu vou parar esse carro e vou acabar logo com isso - falei me segurando para não a atacar.
- Só na cama - ela disse mordendo os lábios e eu acelerei aquele carro em uma velocidade absurda, eu queri aquela mulher pra mim a noite toda.
Chegando em casa eu estacionei o carro de qualquer jeito e ela abriu a porta e saiu correndo rindo para dentro de casa e eu a agarrei pela cintura e beijei seu pescoço e a virei pra mim e a beijei intensamente, a puxei para meu colo e comecei a leva-la para meu quarto, minha mão estava em seu cabelo sentindo todas aquelas sensações que só Sky me faz sentir.
- Eu quero você, Sky, só você - falei beijando seu pescoço enquanto a deitava na minha cama.
- Sou toda sua, Bieber - ela me beijou - toda sua - ela sussurrou e eu senti meu corpo radiar felicidade, eu juro que eu NUNCA havia sentido isso antes, era era tudo nesse momento, o mundo podia explodi lá fora, mas para mim estaria perfeito se ela estivesse aqui comigo.
Fui para seu pescoço e ela começou gemer abafado e ela sabe que aquilo me deixa doido, ela mordia os lábios e eu levei os braços dela até acima da cabeça e ela passou suas pernas na minha cintura e começou a dar reboladas gostosas que fizeram meu membro querer explodi por dentro da cueca. Eu descia os beijos até seu pescoço e com um mão eu tirei seu vestido e eu olhei para seu corpo.
Skylar estava perfeita, é a mulher mais gostosa do mundo, ela estava com uma lingerie branca que tinha a calcinha praticamente transparente, um corpete preso a fios que ligava a sua coxa que descia a uma meia até a metade de seu joelho, o sutiã realçava aquele seios gostosos e ela mordia os lábios me olhando. Se eu tivesse visto essas peças na boate, eu não aguentaria esperar até aqui em casa.
Fui tirando cada peça daquilo e depositando beijos por vários lugares, ela parecia estar recebendo o que ela sempre quis, e eu mais ainda. Quando eu deixei Skylar completamente nua na minha frente eu tirei um ou dois segundos para admirar aquele corpo, passei minha mão pela lateral e terminei já em sua canela, peguei sua perna direita e fui beijando de sua virilha até seus pés e ela senti ela se contorcendo, ela estava prestes a chegar ao ápice sem eu menos a tocar.
- JUSTIN - ela gritou mordendo os lábios e eu vi o quanto ela estava sendo torturada, ela me olhou com desejo e eu fui até ela, Sky pegou meu rosto com força e me beijou e começou a explorar cada parte da minha boca, que ela já conhecia, ela me virou na cama e ficou me encarando enquanto mordia, lambia e beijava todo meu Abdômen até a minha gigante ereção, ela atirou minha calça tão rapidamente que eu gemi em senti sua boca engolindo meu pau. Ela sugava tudo, lambia toda a extensão do Bieberzão e passava a língua na cabecinha e eu iria gozar o mais rápido possível.
- Vou gozar - falei quase não aguentando a tesão e ela continuou fazendo os movimentos com a mão, mas veio de encontro a minha boca, gozei e gemi e ela estava estava resmungando um "Aham, isso" e eu estava indo a loucura. Ela saiu de cima de mim e se virou de costas para mim e ficou de quatro, ela me olhou safada e deu uma rebolada e eu não espere em dar um tapa naquela bunda gostosa, fazendo Skylar gritar e depois colocar meu pau lá dentro e começar a fazer movimentos grosseiros, a gente fode do jeito bom, e o melhor é que uma garota de 17 anos, sabe fazer tudo que eu preciso perfeitamente.
Skylar dava gemidos excitantes e eu sentia aquela sensação novamente, aquela vontade de ter ela colada a mim, tocar ela, enquanto eu metia minha mão estava a estimulando e eu via o quanto ela estava sentindo prazer, o quanto ela gostava de fazer isso, o quanto ela estava afim de ser comigo. Peguei uma de minhas mãos e enrolei em seu cabelo e puxei cabeça para trás e ela gritou, quando eu vi o formato que sua boca formou com o gemido, eu senti vontade de a beijar, então eu precisava, virou necessidade. A levantei ainda metendo por trás e deixei seu corpo de joelhos, assim como eu, porem de costa para mim, beijei a parte de trás do seu pescoço e de lado ela me beijou, soltávamos alguns gemidos juntos e mordi aquela boca enquanto pude e ela levou suas mãos ao meu cabelo e ela sentou ao ápice e eu ainda não havia chegado, a abracei por trás e continuei fazendo os movimentos enquanto eu beijava seu pescoço e seu ombro.
- JUSTIN - ela gritou gemendo sentindo seu corpo pegar fogo ao seu limite e eu senti meu liquido saindo e entrando dentro dela, afundei meu rosto em seu pescoço e fiquei arfando por ali enquanto aquela sensação passava, beijei novamente e com calma eu sai de dentro dela e ela se virou pra mim e me beijou me deitando na cama novamente. Nossos rostos ficaram próximos e eu a beijei com precisão.
- Eu preciso de você, Skylar - falei segurando seu rosto próximo ao meu. Ela passou a mão no meu rosto e eu fechei os olhos, o toque dela me deixava fraco.
- Cumpra sua promessa, Bieber - ela me selou - Por que eu sou sua - ela sussurrou contra meus lábios
Não consegui fazer outra coisa a não ser a abraçar, eu nunca havia tido esse sentimento de afeto, a única coisa que eu queria era te-la segura, feliz e comigo, ela estava com o rosto no meu pescoço quanto eu quase a sufocava em meus braços e quando nos desfazemos, ela desceu de cima de mim e se deitou respirando fundo.
-Vem cá, gatinha - sorri e a puxei para mim e ela ficou ao meu lado, e colocou uma perna sobre a minha barriga enquanto eu a acariciava. - Vou cumprir, Sky - falei e ela sorriu sem abrir os lábios.
- Bieber, o que eu fiz para você sentir isso? - ela disse e eu estava tão feliz, cara, que porra é essa.
- Sabe quando eu comecei a querer transar muito com você? - perguntei
- Quando?
- Na nossa primeira noite, na sua casa, foi a primeira vez que eu ia transar sem camisinha, você disse que tomava remédio... - ela me olhou incrédula e sorrindo - Eu nunca tinha sentindo aquilo, é muito diferente, com camisinha é horrível em relação a o que faço com você quando estou sem a usar, eu sentia uma vontade de repetir com você, por que eu tinha medo de fazer sem com outra mulher e ela inventar de engravidar pra ficar com meu dinheiro, o que provavelmente iria acontecer, e eu confiava em você, eu sabia que isso você não deixa deixar acontecer, e toda vez que eu transava com uma puta eu não sentia mais prazer, tinha que ser com você - falei
- Mas você já transou comigo com camisinha - ela disse desentendida
- Pra ver se era realmente o fato de ser sem ela
- E o que você concluiu? - perguntei passando sua mão de leve nas minhas costas.
- Era se camisinha e com você, o sexo com você podia ser com ou sem que era maravilhoso, você sabe fazer uma puta foda, garota, que isso - falei incrédulo e a puxando para um beijo.
- Eu não queria ter começado a fazer essas coisas tão cedo - ela disse abaixando o olhar e eu fiz ela me olhar
- Não julga seu passado, Skylar, você é maravilhosa - falei e ela sorriu
- Você também é, e olha que você é todo errado - ela disse dando uma risada e eu a acompanhei e ela me beijou de novo.
- Eu nunca senti isso antes, por ninguém mesmo, e agora estou aqui, sendo isso com uma garota - falei dando uma risada estranha e olhando para o teto
- Eu nunca gostei de nenhum garoto na minha vida, nenhum, nem na escola, nem no pré, em lugar algum, ai me aparece um Justin da vida e torna minha vida tudo isso - ela disse  beijando meu peito
- E o que achou?
- Bieber, você tomou posse de tudo que tem em mim - ela disse com uma voz calma e eu me senti o cara mais feliz do mundo, ela era minha, só minha. - Mas não muda eu ter que abrir mão disse se você vacilar.
- Não vou fazer isso - falei a beijando forte - Não mesmo - falei ainda colado em seu rosto e ela mordeu os lábios rindo - Posso te pedir uma coisa? - falei a olhar
- O que?
- Passa o final de semana comigo?

 Continua??????????
+ 10 COMENTARIOS? 

>>>>>>>>>>ANONIMO NÃO COMENTA MAIS DE UMA VEZ. <<<<<<<<<

GENTE VAMOS CHEGAR A 50 SEGUIDORES.
COMENTEM COMENTEM COMENTEM!
Meu deus o que acharam? ah to amando!!!!!!

BLOGS ATIVOS:

22 comentários

  1. Biberzao kkkkk ❤ maravilhoso!! Cara eu realmente preciso pedir pra continuar? É SIMPLESMENTE MARAVILHOSO

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    QUE FURACÃO FOI ESSE MINHA GENTE???
    QUE HOTZAO HEM KKKJJJJ ADORO!!!
    "bieberzão" O BERRO QUE EU DEI KKKK
    Eles finalmente juntos aaa ��
    Quem tem amigos tem tudo né?
    POR FAVOR CONTINUA!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Gente esse "bieberzão" kkkkkkkkjjkkk morri... GENTEEEEEEEEE ISSO TA MUITO FODAAAA faço as minhas palavras a da Rayanne n preciso nem pedir pra continuar!! A gente ate tenta encontra um defeito mas é simplismente MARA tu tem muito talento pra isso guria! Nao sei como n tinha lido essa fic antes

    //Evelyn//

    ResponderExcluir
  4. MANO AHAUAHAUHAUAHAUAHA, a parte mó hot de repente eu leio "bieberzão" o berro que eu dei!!!! O que falar??? Cada capítulo um tiro na minha cara 💖

    ResponderExcluir
  5. Mano tá muito bom mesmo!!! Continua please 🙏 🙏
    Tô amando cada palavra dessa Fanfic 😍 😍 😍 C.O.N.T.I.N.U.A PLEASE TÔ MORRENDO DE CURIOSIDADE 😭 😭 😭
    Tô amando demais ver eles juntos 😱 😱 😱

    ResponderExcluir
  6. Ta simplesmente maravilhoso
    Continuaa

    ResponderExcluir
  7. Eu salvei esse capítulo ou esse capítulo me salvou? Gente estou simplesmente apaixonada! Coisa mais fofa esses dois! Sei que ainda vai dar muito b.o. Hahaha Mas sei que eles vão fazer valer a pena!

    ResponderExcluir
  8. Continua por favor!!!
    Tá muito perfeito s2
    Tô amando

    ResponderExcluir
  9. Esses comentários tão me representando kkkkk ❤❤❤

    ResponderExcluir
  10. Ta simplesmente maravilhoso
    Continuaa

    ResponderExcluir
  11. Continua... Vou começar a me identificar, pq anônimo é mt chato mesmo. Sou Andressa. Você escreve mt bem!

    ResponderExcluir
  12. Posta logo por favor!! Todo dia eu venho aqui conferir se já tem capítulo novo. Essa fic é maravilhosa!!!!

    ResponderExcluir
  13. Não vai postar mais não???? Tô com saudade da fic!!

    ResponderExcluir
  14. CONTINUAAAA LOGO
    Anjo pq vc n posta essa sua fic no Social Sirit, lá é MUITO bom

    ResponderExcluir
  15. OMB!!!! Continuaaaa....... Estou amando cada vez mais essa fic
    // Nathalie

    ResponderExcluir
  16. Amei amei amei!!!!!!
    Continua o mais rápido que puder, por favor!!!!
    // Antonieta (Vou me identificar igual a menina de cima kkkkk)

    ResponderExcluir
  17. Você sabe que amo sua fic também né.. Então continuaaa logo por favor.. beijos

    ResponderExcluir
  18. Gente faz como a gente esta fazendo, os anonimos se indentifiquem pra nao ter aquele lance de comentar mais de uma vez, e mesmo se nao tiver comentando mais de uma vez como tem uma galera tambem que sao anonimos, da a perceber que sao as mesmas pessoas. Nao precisa necessariamente escrever o seu primeiro nome bota o sobrenome mesmo so pra n se confundir.

    Isso nao é obrigado mas so é uma forma melhor mesmo tanto pra quem escreve e tanto pra quem ler.

    //Evelyn//

    ResponderExcluir